Paysandu Sport Club  Selo do centenário
Logotipo Sócio Bicolor - Seja você mais um sócio Bicolor!
  • 1mil
  • 2mil
  • 3mil
  • 4mil
  • 5mil
  • 6mil
  • 7mil
  • 8mil
  • 9mil
10mil
Sócios
Bicolores!
Adimplentes
Já somos Sócios Bicolores Adimplentes
HOMENOTÍCIAS Minha história, meu amor! Torcedores cumprem promessas após o acesso (...)
29 de Outubro de 2014

Torcedores cumprem promessas após o acesso à Série B

Dizem que torcer para um clube de futebol não é apenas vestir a camisa e ir para o Estádio. É também viver a alma do time, ter dentro de si um amor forte e intenso pelo seu clube de futebol. No Paysandu, diversas demonstrações de amor são feitas pela sua nação, e entre elas, há de destacar duas: Ricardo Silva e Wesley Jhonny cumpriram suas promessas logo após o final da partida entre Paysandu x Tupi.

Ricardo Silva trabalha no apoio aos pesquisadores da Estação Comandante Ferraz, na Antártida, pertencente ao Brasil há aproximadamente 1 ano, e mesmo tendo dificuldades em acompanhar os jogos do Paysandu, procura sempre alguma maneira de ver ou escutar aos jogos. E logo quando soube do acesso do Paysandu, Ricardo cumpriu a sua promessa, de dar um mergulho nas águas da Baía do Almirantado, onde a água estava com a temperatura no entorno de -57 graus Celsius. Veja o vídeo abaixo:

O torcedor bicolor disse que a parte de mergulhar nas águas geladas da Antártida foi mais fácil diante do acesso do Paysandu para a Segunda Divisão Nacional. “A forma como o Paysandu se classificou no entanto foi muito difícil, mas graças a Deus conseguimos o nosso acesso. Faço parte da Torcida Império Bicolor, e prometi para meus amigos aqui e lá de Belém que se caso o Paysandu conquistasse o acesso, eu mergulharia nas águas daqui. O Paysandu conseguiu o acesso e eu tive que cumprir a minha promessa”, disse Ricardo.

Já Wesley, acompanhou o jogo em Belém, em um bar próximo a Av. Visconde de Souza Franco. Logo após o final da partida e a classificação do Paysandu confirmada, ele cumpriu sua promessa, indo de joelhos desde a Senador Lemos com a Travessa Wandenkolk até o Boullevard Shopping, na Visconde de Souza Franco. Um trajeto de aproximadamente 600 metros.

 

O torcedor disse que decidiu realizar a promessa durante o jogo, num instinto para que o Paysandu conquistasse o acesso. Com o final da Partida, Wesley cumpriu o prometido, e disse que qualquer sacrifício é válido para o Paysandu. “Eu decidi fazer a promessa durante a partida, devido ao momento tenso que a gente estava passando no jogo, mas logo depois do gol do Ruan eu já estava me preparando para cumpri-la, pois já sabia que o nosso acesso para a Série B já estava garantido. Qualquer sacrifício para o Paysandu é válido, e se fosse de fazer novamente isso tudo eu faria”, disse, emocionado.

Vários outros torcedores fizeram promessas que foram cumpridas logo em seguida, desde acompanhar o traslado dos jogadores do Aeroporto Internacional de Belém até o Estádio da Curuzu a pé ou até mesmo raspar a cabeça. O que vale, acima de tudo, é deixar que a “Payxão” de ser bicolor seja sempre imortal e eterna, para que na alegria ou na tristeza, na saúde, e na doença, ser Paysandu seja acima de tudo, uma das maiores provas de amor da vida.  

Texto: Ronaldo Santos / Edição: Pam Sames
Imagem: Pam Sames










  • Compartilhe
    o site do Papão

  • Siga no Twitter

    @Paysandu
PATROCINADORES

Alubar Husqvarna Banpará Vegan Nation Drogarias Globo Mirella - Farinha de Trigo Trigolino Sky