Paysandu Sport Club  Selo do centenário
Logotipo Sócio Bicolor - Seja você mais um sócio Bicolor!
  • 1mil
  • 2mil
  • 3mil
  • 4mil
  • 5mil
  • 6mil
  • 7mil
  • 8mil
  • 9mil
10mil
Sócios
Bicolores!
Adimplentes
Já somos Sócios Bicolores Adimplentes
HOMENOTÍCIAS Institucional Há 48 anos, Paysandu escrevia na história (...)
18 de Julho de 2013

Há 48 anos, Paysandu escrevia na história a grande vitória sobre o Peñarol

Há 48 anos, o Paysandu havia conquistado um dos seus maiores feitos dentro de 99 anos de história, a vitória sobre o Peñarol. A equipe que na época era considerada uma das melhores do mundo, por ter conquistado dois títulos da Libertadores da América, um Mundial interclubes e dois títulos nacionais, além da equipe ser a base da Seleção Uruguaia.

A equipe uruguaia fazia na época uma intertemporada no Brasil, e já somava 15 partidas invictas contra as equipes brasileiras. Vencendo até a equipe do Santos de Pelé. E em um domingo de sol forte na capital paraense ocorreu o jogo que entraria para a história do futebol paraense e nacional, a vitória maiúscula do Paysandu pelo placar de 3 a 0.

Para relembrar esta data, os ex atletas do Paysandu e participante do jogo histórico, Beto  e Quarenta, reuniram-se no espaço interno da Curuzu com a presença de vários convidados para relembrar o feito histórico do Papão. O evento contou também com a presença do Meia Alex Gaibú e de Pires Cavalcante, criador da marchinha “uma listra branca, outra listra azul, essas são as cores do Papão da Curuzu”.

O JOGO

O clima ensolarado da tarde daquele 18 de Julho fez com que a equipe uruguaia não se adaptasse ao jogo, e o Paysandu aproveitou-se disso logo no começo da partida. Aos 19 minutos, o ala Ércio recebeu bom lançamento de Carlinhos e avançou em profundidade e na entrada da área chutou forte, sem chances de defesa para o arqueiro do Peñarol. Depois, aos 42 minutos, Pau Preto puxou o contra golpe em favor do Papão e tocou para Milton Dias ampliar o marcador.

Na segunda etapa, aos 23 minutos, o lateral Vila lançou para Pau Preto, que tirou o goleiro do lance e marcou o terceiro gol da partida, dando números finais ao jogo, com a grande vitória do Paysandu por 3 a 0 sobre o Peñarol.

ESCALAÇÃO:

PAYSANDU: Oliveira, Beto, Jota Alves, Abel, Castilho e Carlinhos (em pé). Quarentinha, Pau Preto, Édson Piola, Milton Dias e Ércio (agachados). TÉCNICO: Juan Álvares.

PEÑAROL: Caetano, Mazurkiewicz, Goncalvez, Nelson Díaz, Forlán, Máspoli (em pé). Abbadie, Rocha, Spencer, Cortéz, Joya (agachados). TÉCNICO: Roque Máspoli.

Texto: Ronaldo Santos / Edição: Pam Sames
Imagem: Divulgação / Tadeu Verderosa















  • Compartilhe
    o site do Papão

  • Siga no Twitter

    @Paysandu
PATROCINADORES

Alubar Armazém Paraíba Glacial Governo Federal Caixa Econômica Federal Drogarias Globo Husqvarna Mirella - Farinha de Trigo Trigolino Sky Moobi