Paysandu Sport Club 
HOMENOTÍCIAS Futebol 2020 João Brigatti volta à Curuzu com o (...)
25 de Outubro de 2020

João Brigatti volta à Curuzu com o objetivo de repetir o feito do acesso conquistado em 2014

Anunciado oficialmente pela direção bicolor no início da tarde de ontem, o paulista João Dermival Brigatti, de 56 anos, desembarca em Belém nesta segunda-feira (26), para trabalhar pela terceira vez no Paysandu Sport Club – a segunda como treinador. Assim como em 2014, quando era auxiliar-técnico do time que subiu de divisão pela última vez, o novo comandante do Papão retorna à Curuzu com a missão de conquistar novamente o acesso à Série B.

Aliás, ano passado, João Brigatti também levou o Sampaio Corrêa-MA para a segunda divisão do futebol nacional. Recentemente, o treinador deixou a Ponte Preta-SP em terceiro lugar na tabela de classificação da Série B, no início desde mês.

Mais de um terço do atual elenco bicolor já trabalhou com Brigatti no próprio Paysandu, no começo de 2019, no Parazão, quando ele estava em sua segunda passagem pelo clube. “O grupo é qualificado, conheço bem. E quem não trabalhou comigo jogou contra. Teremos uma semana de muito trabalho pela frente antes do jogo contra o Manaus-AM. Essa vitória (sobre o Treze-PB) foi fundamental. Vamos vislumbrar coisa bem melhor pela frente”, afirmou o treinador.

João Brigatti vai trabalhar no Paysandu pela terceira vez em sua carreira

As negociações foram lideradas pelo presidente Ricardo Gluck Paul, o vice-presidente de Gestão Maurício Ettinger e o diretor de Futebol Felipe Albuquerque, que acompanha a delegação bicolor em Campina Grande (PB), onde o time venceu o Treze-PB. “Estou muito feliz com o retorno do Brigatti. Conversei com ele logo após a nossa vitória aqui na Paraíba. Sei que nós temos grandes desafios pela frente, começando pelo próximo jogo contra o Manaus. O Brigatti retorna ao Paysandu ainda na minha gestão, agora com um novo auxiliar. E o que nós conversamos por telefone foi justamente sobre isso. Sabemos da grandeza do desafio, mas também sabemos do potencial que a nossa equipe tem. Ele compartilhou comigo que aceitou esse desafio por saber dos profissionais que tem aqui. E eu disse a ele que se ele aceitou é porque acredita no nosso acesso. Ganham todos com isso e tenho certeza que vamos fazer uma grande Série C”, ressaltou.

O anúncio foi feito exclusivamente por meio das redes sociais

Ricardo Gluck Paul e Maurício Ettinger ficaram em Belém para a assinatura de contrato com o Banpará, por meio do governador Helder Barbalho, e por isso não acompanharam a equipe, que foi chefiada na viagem pelo diretor Financeiro, Abelardo Serra.

COMISSÃO TÉCNICA

O jogo do último sábado (24) foi o último de Leandro Niehues como auxiliar-técnico permanente do Paysandu. Ele irá para o futebol paranaense por escolha própria. Seu substituto será o paulista Jean Rodrigues, que possui sete anos de experiência entre formação de atleta de base e profissional, além de ter sido jogador por 17 anos, a maior parte da carreira na Europa.

O novo profissional foi auxiliar-técnico no Duque de Caxias-RJ, Audax-RJ, Olímpia-SP, Marília-SP e Juventus-SP. Também atuou como treinador no LZS Piotrówka, da Polônia, e foi auxiliar e técnico em times sub-17 e sub-20. Jean Rodrigues possui licença CBF Academy Conmebol Pro, A, B e C, além de Gestão Técnica pela Universidade do Futebol.

Já o assistente de campo de João Brigatti será Bazílio Amaral, que há mais de 20 anos trabalha no futebol como auxiliar-técnico e observador técnico de adversários, com passagens por clubes como Palmeiras-SP, Corinthians-SP, Ponte Preta-SP, Portuguesa-SP, Guarani-SP, Capivariano-SP e João Vallim-SP. Também já foi treinador do Mixto-MT, Sete Dourados-MS e Novoperário-MS. Possui curso nacional e internacional para treinador de futebol, licenças A e B da CBF, além de bacharel em Educação Física pela Universidade de Campinas (Unicamp).

Além deles, o clube também contratou o analista de desempenho Luis Gustavo Marques de Lima para atuar juntamente com Henrique Bittencourt, que exerce a mesma função no Paysandu desde o fim da temporada 2018. Bacharel em Educação Física pela Universidade Federal de Goiás, ele tem certificado pela Confederação Brasileira de Futebol em Análise de Desempenho no futebol profissional e possui diversos outros cursos na área.

“Acrescentam muito na equipe permanente do Paysandu. O Jean é um ex-atleta com um currículo inquestionável. Já o Luis é um profissional com uma margem de crescimento gigantesca. Tenho convicção de que o Paysandu ganha muito com a chegada desses novos profissionais e fortalece sua equipe permanente de trabalho”, avaliou Felipe Albuquerque.

Texto: Jorge Luís Totti
Imagem: Jorge Luiz | Arte: Agência Paysandu












  • Compartilhe
    o site do Papão

  • Siga no Twitter

    @Paysandu
PATROCINADORES

Stadium BET Alubar Unimed Belém Banpará Drogarias Globo Draft Super Zero Mirella - Farinha de Trigo Trigolino Sky Universidade do Futebol